Seminário aprofunda o tema da violência e pensa as estratégias para a CF 2018

Início » Seminário aprofunda o tema da violência e pensa as estratégias para a CF 2018

Nos dias 2 e 23 de agosto, foi realizado no Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília, o Seminário Nacional da Campanha da Fraternidade (CF) 2018, cujo tema foi “Fraternidade e Violência”. A atividade teve como objetivo avaliar  a CF 2017 nos 18 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e aprofundar o tema da próxima campanha para difundi-lo por meio de seminários regionais.

Segundo o secretário executivo da CF da CNBB, padre Luís Fernando, a mística que vai impulsionar a CF é a da Igreja em comunhão e participação. “A Igreja vai multiplicando sua mensagem profética por meio do compromisso dos fiéis leigos e leigas que atuam nos Regionais”, acredita.

O secretário executivo afirma que o seminário foi um momento de revisitar a história da Campanha da Fraternidade e projetar os passos da próxima. “O seminário é núcleo primeiro que colabora com a multiplicação da CF no Brasil”, disse.

Violência mapeada

A programação também aprofundou  sobre os caminhos sugeridos pela bíblia para a superação da violência a ser feito pelo padre Luís Fernando, secretário executivo da CF da CNBB. O professor Antônio Evangelista, de São Paulo, apresentou pistas para ações concretas da CF.A atividade contou com a presença dos autores do texto-base da CF 2018, que ainda está em preparação. O professor da Puc-Minas, Robson Sávio Reis Souza, é um deles e fez um mapeamento da violência no Brasil.

Durante o seminário, também foram apresentadas as versões, ainda em processo de acabamento, do hino e do cartaz da CF 2018.

Participarm da atividade 40 pessoas representando os 18 regionais da CNBB, cujo papel é multiplicar a mensagem da CF nos seus respectivos regionais.

O assessor de pastoral da Diocese de Luz, padre Patriky Samuel esteve presente no seminário, em Brasília.