Por que o sábado santo é dedicado a Maria?

Publicado em: 11 abril 2020

O Sábado Santo é o dia em que a Igreja contempla o “repouso” de Cristo no túmulo depois do combate da cruz. Neste dia, a Igreja, mais uma vez, se identifica com Maria. Na escuridão que envolve a criação, Ela permanece só, a manter a chama da fé acesa, esperando com toda a esperança na Ressurreição de Cristo.” (Papa Francisco, 01 de abril de 2015)

Thiago Leon
Thiago Leon

Sábado Santo intermedeia a Sexta-feira da Paixão e o Domingo da Páscoa, isto é, se situa entre os dias da Morte e da Ressurreição de Jesus. Tal ocasião foi vivenciada por Maria com esperançosa expectativa: ela permaneceu confiante mantendo viva no coração, a chama da fé na Ressurreição, acreditando que Aquele que morreu na Cruz e foi sepultado não permaneceria na morte.

No Santuário de Lourdes, na França, o caminho doloroso de Jesus (Via-Sacra) apresenta uma estação a mais do que as habituais: Maria em oração diante do túmulo do Senhor (na estação seguinte, Jesus ressuscita).

Com sua presença, a Sexta-feira do sofrimento se transforma em sábado de esperança. A Virgem nos ensina a crer e a esperar, assim, não apenas no Sábado Santo, mas todos os sábados são dedicados a Ela.

Fonte: A12

Compartilhe com seus amigos: