Pastoral carcerária será reativada e membros se reúnem para formação

Publicado em: 20 novembro 2017
Bernadete Seixas

O trabalho da Pastoral Carcerária na Diocese de Luz está sendo reativado, uma nova equipe e membros se preparam para assumir os trabalhos. Para isso, a nova coordenadora diocesana Irmã Rosita Lobo e a Irmã Juli Joy dos Reis, ambas da Congregação das Irmãs Missionárias do Imaculado Coração de Maria – atualmente em Abaeté, iniciaram com os agentes um encontro de formação.

O evento foi realizado no sábado, 11 de novembro, na Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio, em Abaeté e contou com a participação de 35 representantes das cidades de Bambuí, Lagoa da Prata, Bom Despacho e Abaeté – são cidades onde possuem presídios e penitenciárias.

De acordo com irmã Rosita, houve ainda a participação da coordenadora do colegiado da Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Belo Horizonte e também advogada Jacqueline Alves Pereira Ricci, do vigário geral padre Antônio Campos Pereira, do pároco da Paróquia Nossa Senhora da Patrocínio, Monsenhor Olavo Sobrinho, do pároco da Paróquia Bom Pastor, padre Cássio Vieira, do assessor da Pastoral da Evangelização padre Patriky Samuel, que também fará parte dos trabalhos.

Irmã Rosita ainda ressaltou que este foi o primeiro encontro para retornar e intensificar os trabalhos da Pastoral, a pedido do bispo Dom José Aristeu.

Com a expansão do número de cárceres, principalmente, após ascensão da prisão como principal forma de punição, a Pastoral Carcerária cresceu, uma vez que ela sempre se compôs de cristãos que se organizam e voluntarizam para o atendimento às pessoas privadas de liberdade.

Compartilhe com seus amigos: