Papa renova apelo por uma ecologia humana integral

Publicado em: 25 maio 2021

Francisco divulga videomensagem no lançamento da Plataforma Laudato si’, em prol de uma ecologia humana integral

Jéssica Marçal, com Boletim da Santa Sé
Da Redação

Papa gravou videomensagem pelo lançamento da Plataforma Laudato si’ / Foto: Reprodução Vatican News

Um novo apelo em prol do cuidado da casa comum, por uma ecologia humana integral. O Vaticano divulgou nesta terça-feira, 25, uma videomensagem do Papa Francisco pelo lançamento da Plataforma Laudato si’. Trata-se de uma ação concreta para os próximos sete anos com foco nos sete objetivos da encíclica Laudato si’, publicada há seis anos pelo Pontífice.

A Plataforma foi lançada oficialmente hoje, em uma coletiva no Vaticano sobre o encerramento do Ano Laudato si’, que foi ontem. Já no domingo, o Papa havia anunciado a iniciativa em suas saudações após a oração do Regina Coeli.

Na videomensagem, Francisco recorda que há tempos a Terra sofre por feridas que o homem provocou em atitude predatória. Tais feridas se manifestam hoje em uma crise ecológica sem precedentes, frisa o Pontífice.

A atual pandemia, segundo o Papa, evidenciou ainda mais o grito da natureza e dos pobres, que mais sofrem as consequências. Também evidenciou que tudo está interconectado, ou seja, a saúde humana não está separada da saúde do ambiente onde se vive.

Ecologia humana integral

Diante dessa realidade, o Papa defende uma nova abordagem ecológica, que transforme a vida e o modo de habitar o mundo. “Uma ecologia humana integral, que envolve não só as questões ambientais, mas o homem em sua totalidade, se torna capaz de ouvir o grito dos pobres e ser fermento para uma nova sociedade”.

Francisco destaca a grande responsabilidade que a humanidade tem nas mãos com relação às gerações futuras. Exorta, então, a cuidar do planeta, com respeito pelos dons da Terra e da criação. Trata-se de inaugurar um novo estilo de vida para uma sociedade eco-sustentável.

“Temos a oportunidade de preparar um amanhã melhor para todos. Das mãos de Deus recebemos um jardim, aos nossos filhos não podemos deixar um deserto”, enfatiza.

A Plataforma Laudato si’: ação concreta

Foi neste contexto que o Papa instituiu, em 24 de maio do ano passado, o Ano Laudato si’, que terminou ontem. A iniciativa entra agora em uma nova etapa de ação concreta, com o lançamento desta Plataforma.

Os próximos sete anos será um caminho para empenhar as comunidades em prol da sustentabilidade, no espírito da ecologia integral. Neste percurso, todos os envolvidos serão guiados pelos sete objetivos da encíclica Laudato si’.

O Papa convida todos a este caminho, em especial sete âmbitos: famílias, paróquias e dioceses, escolas e universidades, hospitais, empresas comerciais e agrícolas, organizações, grupos e movimentos, e institutos religiosos.

Leia também
.: Todos têm um papel no cuidado da casa comum, lembra bispo

“Há esperança. Todos podemos colaborar, cada um com a própria cultura e experiência, cada um com as próprias iniciativas e capacidades, para que a nossa mãe Terra retorne à sua beleza original e a criação volte a brilhar segundo o projeto de Deus”.

Fonte: CN

Compartilhe com seus amigos: