Papa: crianças que nascem em meio à pandemia são sinais de esperança

Publicado em: 3 abril 2020

Francisco recorda  jovens mães que têm seus filhos durante esse período de grave situação global. Ele agradece  quem oferece amparo a essas mulheres

Da Redação, com @Pontifex_pt

Francisco recorda, em tweet, jovens mães durante pandemia / Foto: REUTERS/Remo Casilli

O Papa Francisco, em sua conta oficial no Twitter, recordou, nesta sexta-feira, 3, as jovens mães que temem pelos filhos neste tempo de pandemia.

Leia também: 
.: Papa reza pelos que ajudam a resolver pobreza e fome causadas pelo Covid-19
.: Celebrar uma “Santa Semana” em meio à pandemia

“Hoje, gostaria de agradecer às jovens mães que enfrentam os medos compreensíveis. E obrigado também a quem as ampara com afeto, com competência. As crianças que nascem em tempos de #coronavírus são um sinal de grande esperança.”

O pontífice também recordou, em tweet, a memória de Nossa Senhora das Dores.
“Esta sexta-feira nos fará bem parar e pensar nas dores de Maria, Nossa Senhora das Dores, e dizer obrigado por ter aceito ser Mãe. Na maternidade de Nossa Senhora vemos a maternidade da Igreja, que acolhe a todos.”

A mensagem foi retirada de sua homília, realizada nesta manhã, na Missa celebrada na Casa Santa Marta.

Compartilhe com seus amigos: