Pains: fiéis da paróquia participam da manifestação contra a Reforma da Previdência

Publicado em: 2 maio 2017
Bernadete Seixas

Na sexta-feira, 28 de abril, o país parou para manifestar contra a Reforma da Previdência, leis trabalhistas e a terceirização. Neste dia o povo foi para as ruas dar seu recado ao Governo Federal.

Em Pains, manifestantes percorreram as ruas da cidade com faixas e cartazes com o dizer: “Somos contra a Reforma da Previdência pois ela escolheu o caminho da exclusão!” Esta foi a frase que conduziu a passeata composta por membros da Secretaria de Educação, Prefeitura Municipal, Câmara Municipal, Polícia Militar e movimentos da Igreja Católica.

A parceria destes diversos setores públicos da cidade com a paróquia Nossa Senhora do Carmo, movimentou a manhã do dia 28, convidando as pessoas a irem para as ruas manifestarem seus direitos, nos quais são apoiados pela CNBB.

 

Fotos

55ª Assembleia Geral da CNBB

O povo tem direito de se manifestar, de pedir esclarecimentos”.

Durante a Entrevista do primeiro dia da Coletiva de Imprensa da 55a. Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida (SP), os jornalistas questionaram os bispos sobre manifestações populares e sobre a Reforma da Previdência.

O Cardeal Odilo Pedro Scherer comentou convocação de greve geral feitas por movimentos sociais e sindicatos para a próxima sexta-feira, 28. Reafirmando a posição da CNBB, o Cardeal defendeu o direito do povo em se manifestar: “O povo tem direito de se manifestar, de pedir esclarecimentos a respeito de questões como da Previdência Social e a Reforma Trabalhista. Essas manifestações visam que se chegue ao melhor. Que a Reforma da Previdência seja a melhor possível e que não venha prejudicar os mais pobres e privilegiar outros que podem naturalmente contribuir mais”, afirmou.

Compartilhe com seus amigos: