MCC abre suas atividades 2020 e festejos do seu Jubileu de Ouro, na Catedral de Luz

Publicado em: 28 janeiro 2020
Bernadete Seixas

No domingo, 26 de janeiro, o Movimento de Cursilho de Cristandade – MCC da Diocese de Luz, esteve reunido na Catedral de Luz, em Luz, para celebrar o Jubileu de Ouro e abrir as atividades do ano de 2020.

Os cursilhistas participaram da Missa em Ação de Graças pelos 50 anos do movimento na Diocese. A celebração foi presidida pelo padre assessor padre Lucas Vidal e concelebrada por demais padres.

De acordo com o coordenador diocesano José Batista de Oliveira Júnior, há muito por agradecer. Quanta coisa para celebrar, afinal são 50 anos! No dia do patrono do Movimento de Cursilhos, São Paulo Apostolo, nos encontramos na Igreja Mãe de nossa Diocese para iniciarmos nossas atividades e festividades certos de que Cristo conta conosco na evangelização dos nossos ambientes e nós contamos com a sua graça, comentou.

João ainda disse que os cursilhistas foram convidados a um gesto concreto em agradecimento pelos 50 anos de evangelização na Diocese. Na cidade de Luz, começou também o início da formação, do chamado vocacional de nossos sacerdotes, que são fundamentais em nossa vida cristã. Para ajudarmos de maneira simples, foi ofertado material de limpeza e higiene pessoal e roupas de cama para o seminário e assim deixamos um pouco do nosso colorido, nesta casa de formação, explicou o coordenador.

O MCC na Diocese

Em 1970 chegou em na Diocese de Luz o Movimento de Cursilho de Cristandade – MCC, graças aos esforços daqueles que, corajosamente, criaram ambientes propícios para a realização dos encontros. Apesar das infinitas dificuldades, os pioneiros venceram e a prova somos todos nós, que estamos aqui e um dia fizemos nosso encontro.

Somando nestes 50 anos, a Diocese de Luz já realizou 217 cursilhos, sendo 87 masculinos adultos, 88 femininos adultos, 21 jovens masculinos e 21 jovens femininos. Hoje são 10 setores (cidades): Arcos, Bambuí, Bom Despacho, Córrego Fundo, Formiga, Lagoa da Prata, Medeiros, Moema, Pains e Santo Antônio do Monte que formam o GED – Grupo Executivo Diocesano.

Evangelizar os ambientes é a missão especifica de nosso movimento, ou seja, transformar, mudar, dar cores pelos lugares por onde formos passando. E sabemos o quanto isto faz a diferença na vida daqueles que estão ao nosso redor.

 

Compartilhe com seus amigos: