Jovens da Diocese de Luz participaram do abraço no Santuário durante o JUMI

Início » Jovens da Diocese de Luz participaram do abraço no Santuário durante o JUMI

abraço no Santuário reuniu os jovens e romeiros que estiveram em Aparecida, na Casa da Mãe


Nos dias 27 a 30 de julho, em Aparecida/SP, foi realizado o JUMI – Juventude em Missão. Neste ano, o evento foi uma grande festa para comemorar os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.
Junto dele, aconteceram também a quinta edição do Hallel Aparecida e o encerramento do projeto Rota 300, da CNBB. 

Um grupo de jovens da Diocese de Luz foi à Aparecida para participarem do evento.

 

O Evento

No último dia do JUMI houve uma programação intensa dos módulos durante a manhã, sendo que três tendas se destacaram: O Hallelzinho, que fez pais e filhos se divertirem ao som dos Devotos Mirins, O Vocação, Arte e Missão, que realizou mais um flash mob vocacional, e o módulo Geração Saúde, que teve a presença do Campeão Paulista de handbike, Mauro Nohara.

Assim que Mauro começou a contar sua história, comoveu a todos que passavam pelo local. Ele sofreu um acidente de carro que o deixou com uma séria lesão medular, perdendo o movimento das pernas e dificultando o movimento dos braços e das mãos. Mas mesmo diante dessa dificuldade e com muita fé, Mauro encontrou no esporte a chance de recomeçar. Em 2016, ele foi Campeão Brasileiro da Copa Brasil de Paraciclimo, e em 2017, Líder do Ranking Paulista de Ciclismo Paralímpico. Hoje, além de paraciclista, Mauro também é crossfitter.

Ele conta que no começo não foi fácil, mas que ele viu que é possível ter uma vida normal e realizada mesmo sendo cadeirante, e sabe que tem a sorte de trabalhar fazendo aquilo que ama, que é ser esportista. Ao ser indagado se ele gostaria de voltar no tempo para, de alguma forma, evitar o acidente, Mauro foi direto: “Apesar de ter passado por tudo isso, hoje eu sou mais feliz do que era antes. E eu tenho o sonho de ser medalhista olímpico”. Seu exemplo de superação fez a galera se emocionar. E ele ainda deixou uma mensagem de motivação:“Fazer esporte é uma questão de se automotivar todos os dias. Você precisa descobrir algo que você goste, colocar metas e estar sempre batendo as metas. Não tenha preguiça, faça acontecer! Lá na frente, tudo será reflexo do que você fez hoje. Caminhe sempre pra frente, mantenha sempre a cabeça erguida. Se você tem alguma limitação ou não, isso não importa. O que te move é a sua cabeça, e não o seu corpo. O seu corpo só vai atender tudo aquilo que a sua cabeça manda”.

Já no Módulo Jovens de Maria teve uma palestra do cantor Bruno Camurati, o Alexandre, do canal ‘O Catequista’, que trouxe o tema “As Grandes mentiras sobre Maria” e Zezé Luz.

MISSA

 

A missa de envio do JUMI foi presidida pelo membro da comissão da Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Antônio Emídio de Vilar, às 12h. Diante da Imagem de Nossa Senhora Aparecida e São Geraldo Magela, os jovens agradeceram a Deus pelas experiências vivenciadas ao longo do evento.

Na homilia, o bispo convidou a juventude para que possa ser exemplo como Nossa Senhora “Que assim como Maria, possamos gerar Jesus com palavras e atitudes”. Dom Vilar recordou as palavras de Papa Francisco “A santidade, a felicidade e as bem-aventuranças são os nossos tesouros”, lembro as palavras do Santo Padre. 

ABRAÇO AO SANTUÁRIO

 

abraço no Santuário reuniu os jovens e romeiros que estiveram hoje na Casa da Mãe, por volta das 13h30. Foi um acontecimento simbólico carregado de muito carinho e união. O momento selou o grande Jubileu da Juventude, celebrado ao longo dos quatro dias de JUMI.

Veja o vídeo do abraço