Inauguração, lançamento e visitas marcam comemorações do Centenário Diocesano

Publicado em: 27 fevereiro 2018
Bernadete Seixas

A Diocese de Luz neste ano de 2018 é só festa! O jubileu está mais próximo e diversas são as comemorações. No domingo, 25 de fevereiro, foi inaugurado o Centro de Memória da Diocese de Luz, houve o lançamento dos livros da série “Centenário da Diocese de Luz” e a presença com a peregrinação do povo da Forania de Piumhi.

As comemorações iniciaram com a celebração da Santa Missa, na Catedral, presidida pelo arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, concelebrada pelo bispo de Luz, Dom José Aristeu, clero diocesano, diáconos e seminaristas.

Após a celebração, a Banda de Música Lyra Vicentina Aterradense, da cidade de Luz, apresentou a Marcha Pontifícia, tendo sido exibido um vídeo institucional do Centenário Diocesano. Em seguida, os presentes participaram da solenidade de lançamento dos livros que compõem a “Série: Centenário da Diocese de Luz”, publicação fac-similar de três antigas obras raras que abordam a história da Diocese, fruto de parceria entre a Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, o Arquivo Público Mineiro (APM), o Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHGMG) e o Município de Luz.

Para compor a mesa foram convidados: Dom José Aristeu; Dom Geraldo Lyrio Rocha; a vice-presidente do IHGMG e professora Regina Almeida, que representou o presidente do IHGMG, Desembargador Aluízio Alberto da Cruz Quintão; o superintendente do APM, Thiago Veloso Vitral, que representou o Secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, Angelo Oswaldo de Araújo Santos; o prefeito de Luz, Sr. Ailton Duarte; o vice-presidente da Câmara Municipal de Luz, Aldair Paula Duarte; o presidente da Comissão do Centenário da Diocese de Luz, padre Almerindo da Silveira Barbosa; o pároco da Paróquia Nossa Senhora da Luz e Cura da Catedral de Luz, padre Orlando Ferreira Barbosa; o vigário forâneo da Forania de Piumhi e pároco da Paróquia Santo Antônio de Piumhi, padre Antônio José de Simone, e o Chanceler da Cúria e Arquivista da Diocese de Luz, Padre Antônio Carlos da Silva.

Ainda estiveram presentes religiosos, autoridades e integrantes do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, do Instituto Histórico e Geográfico de Pompéu, familiares de Dom Manoel Nunes Coelho (1º Bispo da Diocese de Luz – 1921 a 1967); familiares de Dom Belchior.

Durante a apresentação da série, o historiador luzense, Iácones Batista Vargas, membro do IHGMG, fez explanação sobre os livros “O Município de Luz e as Comemorações de Setembro de 1941” (sobre a inauguração da Catedral), “Bispado de Aterrado: Dados Históricos e Estatísticos de todas as suas Paróquias, com ilustrações” (1941) e “Reminiscências da Peregrinação de Nª. Sª. de Fátima pelas Paróquias do Bispado de Aterrado, de 17 de Abril a 28 de Junho de 1954”. “Além de se preservar dados e informações históricas, deseja-se divulgar as publicações para estudantes, pesquisadores e quem mais se interesse pela história e a cultura do povo de Luz, da Diocese de Luz e do Centro-Oeste Mineiro”, comentou Iácones.

De acordo com a coordenação do evento, Dom José Aristeu fez a entrega de alguns exemplares dos fac-símiles e ressaltou que a série será distribuída às paróquias, escolas e bibliotecas públicas e outras instituições culturais.

 

Clique aqui e saiba mais sobre os livros da série

O Centro de Memória

A inauguração do Centro de Memória Nossa Senhora da Assunção foi realizada no antigo Palácio Episcopal da Diocese de Luz – um símbolo do governo diocesano.Na oportunidade, o museu também foi aberto ao público para visitação, após desate da fita e descerramento da placa inaugural por Dom Aristeu e autoridades.

Finalizando as solenidades todos foram convidados a participarem de um almoço de confraternização.

 

Clique aqui e saiba mais sobre o Centro de Memória

 

Forania de Piumhi

Um grande grupo de pessoas, representando a Forania de Piumhi, esteve presente em Luz no domingo. O grupo participou da celebração e também das solenidades de lançamento e inauguração, além de visitarem o Centro de Memória, Seminário e o Centro de Evangelização.

Eles estavam acompanhados do vigário forâneo, padre Antônio José de Simone, e dos padres: Edvaldo Geraldo Fernandes (Paróquia São Sebastião/Piumhi); Daniel Luiz Rodrigues (Paróquia Nossa Senhora do Livramento/Piumhi); Marco Roberto Ruas (Paróquia Nossa Senhora do Rosário/ Pimenta), Luiz Henrique de Araújo (Paróquia Nossa Senhora das Dores/Doresópolis) e padre João Veloso Arantes (Paróquia São Sebastião de Capitólio).

A Forania de Piumhi é composta pelas cidades de Piumhi, Pimenta, São Roque de Minas e Vargem Grande, Doresópolis e Capitólio.

Fotos de todo o evento

Compartilhe com seus amigos: