Dom Aristeu participa da celebração do Jubileu de Diamante da Diocese de Divinópolis

Publicado em: 20 maio 2019
Bernadete Seixas

O bispo de Luz, Dom José Aristeu, esteve na noite da sexta-feira, 17 de maio, na Catedral do Divino Espírito Santo, em Divinópolis para concelebrar a Santa Missa em Ação de graças pelos 60 anos de evangelização da diocese no Centro-oeste mineiro.

A Santa Missa foi presidida pelo arcebispo de BH e presidente da CNBB, Dom Walmor Oliveira, e concelebrada pelo bispo de Divinópolis, Dom José Carlos; pelo arcebispo de Juiz de Fora, Dom Gil Moreira; pelo bispo de Tefé-AM, Dom Fernando Barbosa; pelo bispo emérito de Almenara, Dom Hugo Maria Van Steekelenburg e pelos padres que trabalham nas 25 cidades que compõem o território diocesano.

Centenas de fiéis marcaram presença na Igreja Mãe da Diocese para rezarem juntos em agradecimento pelo Jubileu de Diamante.

A Diocese de Divinópolis

Criada no dia 11 de julho de 1958, pela bula “Qui a Christo”, do Papa Pio XII, foi desmembrada da Arquidiocese de Belo Horizonte e da diocese de Luz. A instalação aconteceu no dia 17 de maio de 1959, quando foi sagrado o seu 1º Bispo Diocesano, Dom Cristiano Frederico Portela de Araújo Pena, que renunciou ao governo da diocese no dia 26 de março de 1979.

O 2º bispo foi Dom José Costa Campos, transferido da Diocese de Valença-RJ, que tomou posse no dia 20 de maio de 1979 e renunciou em 05 de fevereiro de 1989. Dom José Belvino, 3º bispo da diocese, tomou posse no dia 11 de junho de 1989, um mês após o Papa divulgar sua transferência. Dom José Belvino renunciou no dia 11 de fevereiro de 2009.

O 4º bispo, Dom Tarcisio Nascentes dos Santos, tomou posse no dia 17 de maio de 2009, e no dia 01º de agosto de 2012 foi transferido para a Diocese de Duque de Caxias – RJ. No dia 25 de maio de 2014, aconteceu a ordenação episcopal e posse canônica do 5º bispo da diocese, Dom José Carlos de Souza Campos.

Informações Diocese de Divinópolis

Compartilhe com seus amigos: