Dom Aristeu participa da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe

Publicado em: 24 novembro 2021
Halph Carvalho

Toda a Igreja latino-americana e caribenha está com os olhos voltados para a Cidade do México, desde o último domingo, 21 de novembro, quando iniciou a 1º Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe.

A Assembleia reúne cerca de mil participantes, entre bispos, sacerdotes, diáconos, religiosos e leigos. A maior parte está participando no formato on-line, como é o caso de Dom José Aristeu, que está representando a Diocese de Luz nas conferências e plenárias.

O encontro que se estende até o dia 28 de novembro tem como lema, “Somos todos discípulos missionários em saída”.

Na visão dos bispos dirigentes da Conferência Episcopal Latino-americana e Caribenha (CELAM), esta assembleia tem um caráter histórico, pois ela reúne não apenas o episcopado, mas representantes de todo o povo de Deus, caracterizando um momento de escuta e proposição muito mais forte e sensível às bases.

Ao que se percebe nas falas dos religiosos e leigos presentes nas conferências, a Assembleia Eclesial aponta para a necessidade de reacender o carisma da Conferência de Aparecida, realizada em 2007, tendo em vista os clamores atuais da América Latina e do Caribe.

Segundo o primeiro vice-presidente do CELAM, Cardeal Dom Odilo Scherer, o convite do Papa Francisco é para retomar o Documento de Aparecida, “porque ele contém uma riqueza muito grande, que talvez não tenha sido suficientemente absorvida”.

O cardeal Scherer disse ser momento de fazer um balanço, levando em conta as novidades dos últimos 14 anos, para viver “um processo de conversão pastoral, uma conversão missionária”.

 

Compartilhe com seus amigos: