Diocese de Luz participou do XV Congresso Nacional da Pastoral Familiar

Início » Diocese de Luz participou do XV Congresso Nacional da Pastoral Familiar

Agentes da Pastoral Familiar Diocesana e padre Aguinaldo Gualberto Pires estiveram presentes em Cuiabá/MT

A Arquidiocese de Cuiabá acolheu o XV Congresso Nacional da Pastoral Familiar nos dias 07 a 10 de setembro.

O Congresso reuniu mais de 1200 agentes da Pastoral Familiar na Arquidiocese de Cuiabá,MT. Participam também os bispos referenciais de todo Brasil, como os bispos do Regional Oeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padres,diáconos ,religiosos e religiosas.

Com exceção da Missa de Abertura que foi realizada na Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, todos os  trabalhos (palestras,plenárias) foram realizados no Centro de Eventos do Pantanal.

O tema do congresso foi uma sintonia com as demais reflexões da Pastoral Familiar, durante este ano de 2017:“ Família, uma luz para a vida em sociedade”. E o lema é uma iluminação bíblica: “Vós sois a luz do mundo” (Mt 5, 14). Na programação constou palestras com o tema central: atuação da Pastoral Familiar e ao contexto atual de evangelização na Igreja e atuação na sociedade.

Durante estes dias foram abordados os três setores da pastoral com as exposições “Pré-Matrimônio: importância da Iniciação Cristã para o Matrimônio”, “Pós-Matrimônio: como acompanhar, discernir e integrar” e“Casos Especiais: Caminhos pastorais”. Na perspectiva da formação, houve palestra “INAPAF: importância da formação nos regionais e dioceses”.

As reflexões sobre temáticas atuais foram apresentadas nas seguintes conferências: “Parceria entre o Tribunal Eclesiástico e a Pastoral Familiar”, “Adoção: amar, acolher e cuidar”, “Família Missionária” e “Pessoa idosa na família, na sociedade e na Igreja”.

A Diocese de Luz esteve representada pelos coordenadores diocesanos Ênio José Cardoso e Maria Aparecida Resende Cardoso, e os agentes de pastoral Altamiro Antônio da Silva e Ieda Maria Diniz e Silva e o pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, padre Aguinaldo Gualberto Pires.

Para Ênio, o congresso conduz os coordenadores e agentes serem mais atuantes no trabalho com as famílias, sobretudo as que vivem em situações especiais para que, como nos conclama nosso Papa Francisco, elas sejam acolhidas, acompanhadas e integradas em sua fragilidades. Sejamos, portanto, família missionária e missionária da família, completa o coordenador diocesano de Luz.