Conheça a mensagem do Papa para o 54º Dia Mundial de Oração pelas Vocações

Publicado em: 4 maio 2017
Bernadete Seixas

A mensagem do Papa Francisco para o 54º Dia mundial de Oração pelas Vocações traz uma motivação para todos os cristãos.

47ª Semana Vocacional: Vocação Sacerdotal (Fotos: Thamara Gomes)

Convidados da Semana Vocacional 
no Santuário Nacional, agosto de 2016.

“Todos os cristãos são constituídos missionários do Evangelho. Com efeito, o discípulo não recebe o dom do amor de Deus para sua consolação privada; não é chamado a ocupar-se de si mesmo nem a cuidar dos interesses duma empresa; simplesmente é tocado e transformado pela alegria de se sentir amado por Deus e não pode guardar esta experiência apenas para si mesmo: «a alegria do Evangelho, que enche a vida da comunidade dos discípulos, é uma alegria missionária».”

:: Existe idade para descobrir a vocação?

Dia Mundial de Oração pelas Vocações será celebrado no dia 07 de maio de 2017. A mensagem o Papa Francisco refletiu sobre três cenas evangélicas: o início da missão de Jesus na sinagoga de Nazaré (cf. Lc 4, 16-30); o caminho que Ele, Ressuscitado, fez com os discípulos de Emaús (cf. Lc 24, 13-35); e, por último, a parábola da semente (cf. Mc 4, 26-27).

:: Como descobrir minha vocação?

O Santo Padre destacou ainda do desejo de encorajar os cristãos a uma amizade íntima com Deus e pediu a todos que rezem pelas vocações, por mais operários para a messe do Senhor.

“O povo de Deus precisa de ser guiado por pastores que gastam a sua vida ao serviço do Evangelho”. 

“É esta amizade íntima com o Senhor que desejo vivamente encorajar, sobretudo para implorar do Alto novas vocações ao sacerdócio e à vida consagrada. O povo de Deus precisa de ser guiado por pastores que gastam a sua vida ao serviço do Evangelho. Por isso, peço às comunidades paroquiais, às associações e aos numerosos grupos de oração presentes na Igreja: sem ceder à tentação do desânimo, continuai a pedir ao Senhor que mande operários para a sua messe e nos dê sacerdotes enamorados do Evangelho, capazes de se aproximar dos irmãos, tornando-se assim sinal vivo do amor misericordioso de Deus”.

Ao final da mensagem, Francisco reforçou que para haver vocação é preciso oração.

“ Não poderá jamais haver pastoral vocacional nem missão cristã, sem a oração assídua e contemplativa”, finalizou.

Compartilhe com seus amigos: