Comissão se reúne para os preparativos da XXI Romaria das Águas e da Terra, em Lagoa da Prata

Publicado em: 7 agosto 2018
Bernadete Seixas

Em Luz, a comissão, esteve reunida para a organização dos preparativos da XXI Romaria das Águas e da Terra, que será relizada no dia 16 de setembro, na Paróquia São Francisco de Assis, em Lagoa da Prata.


Durante a reunião, o agente de pastoral das CEBs e da CPT-MG, João Bento, apresentou o “Cancioneiro”, e as músicas que animarão as atividades preparatórias e as ações durante a celebração do dia 16.

O bispo Dom José Aristeu, também participou do encontro e falou da importância da Romaria na Diocese, considerando que ali estão as nascentes do Rio São Francisco, que clama por revitalização, por vida.

Durante a reunião também foi apresentada a cartilha com os sete encontros, onde consta roteiros e reflexões.

Semana Missionária reflete sobre a nascente e as águas do São Francisco

Semana Missionária será realizada nos dias 08 a 15 de setembro, na Diocese de Luz.. Neste ano como o tema:“Das Nascentes do São Francisco às Terras da Justiça” e o lema: “Cuidando da Mãe Terra e da Irmã Água”.

E no dia 16 de setembro, em Lagoa da Prata, a XXI Romaria das Águas e da Terra do Estado de Minas Gerais, refletirão um alerta à destruição ambiental que vem acontecendo, para atender a interesses capitalistas, que, pela ambição do lucro, pela ganância de acumular cada vez mais, poluem, desmatam, secam, matam. E é também e, sobretudo, um chamado ao compromisso, à coragem de ações concretas em defesa da vida em toda sua biodiversidade.

 

Romaria das Águas e da Terra

 

Há 20 anos as Romarias das Águas de da Terra são promovidas nas dioceses de Minas Gerais, neste ano de 2018 será a primeira vez na Diocese de Luz, na cidade de Lagoa da Prata.

As Romarias é uma iniciativa da Comissão da Pastoral da Terra – CPT. Elas são tradicionais, têm um caráter ecumênico e ainda mais macro-ecumênico, incorporando ritos e símbolos de outras religiões ao universo católico. As Romarias da Terra valorizam o religioso, e não falham na sua contribuição profética. Nelas se busca mais que confortar o coração, se busca a transformação da sociedade, a construção do Reino de Deus.

As Romarias da Terra tem como foco o coletivo e a realidade do povo. “A romaria contribui para transformar a mística e a espiritualidade em gesto e compromisso concretos”.

A CPT realiza Romarias da Terra desde 1978. As primeiras se deram no Rio Grande do Sul e em Bom Jesus da Lapa, Bahia. Há grande diversidade de Romarias, tanto pela periodicidade com que são realizadas, quanto aos locais.

 

Compartilhe com seus amigos: