CNBB inicia 55ª Assembleia Geral em Aparecida (SP)

Publicado em: 26 abril 2017
Bernadete Seixas

Evento reúne cerca de 350 bispos e discute questões referentes à Igreja no Brasil 

 

Nesta quarta-feira, 26, começou a 55ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Aparecida (SP). Este ano, cerca de 350 bispos, incluindo eméritos, são esperados no evento.

A abertura foi realizada com a celebração da Santa Missa, presidida pelo Presidente da CNBB, Dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília (DF), tendo como concelebrantes o arcebispo de Salvador (BA), Dom Murilo Krieger, e o bispo auxiliar de Brasília (DF), Dom Leonardo Steiner, respectivamente vice-presidente e secretário-geral da entidade. 

Acesse
.: Cobertura completa da 55ª Assembleia Geral da CNBB

Após a celebração, Dom Sérgio deu as boas vindas a todos presentes no evento e afirmou que a expectativa da Assembleia para este ano é de muita alegria e partilha. “Este evento fortalece a unidade entre nós e a comunhão no episcopado (…) A Assembleia é marcada sempre por essa convivência fraterna e agradável”.

Este ano, o tema central do encontro é “Iniciação à vida cristã”. De acordo com o presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação, Dom Darci Nicioli, arcebispo de Diamantina (MG), há uma deficiência na formação catequética do cristão católico e por este motivo há uma preocupação especial neste sentido.

“Queremos fazer com que a catequese esteja radicada na Palavra de Deus e que haja uma vivência da fé na comunidade e que esta fé seja celebrada. Então é importante que esta fé se traduza em atitudes concretas de vida caridosa e se você quer envolver o jovem e a criança nesta fé, é preciso ser sensível a eles e mais ainda, aqueles que mais sofrem e mais precisam de ajuda”.

O arcebispo afirma que durante os nove dias de evento, diversos assuntos estarão em pauta, inclusive a atual situação do Brasil. “Vamos fazer uma análise cultural e neste sentido, emitiremos com certeza uma palavra orientativa para que o cristão católico se envolva nessas questões, não perdendo a esperança e ao participar, se qualifique para esta participação” afirma.

Sobre a expectativa geral do encontro, o arcebispo diz que é um momento muito bonito de encontro entre os bispos e que muito além dos debates, todos rezam juntos e trocam experiências. “Vamos também estudar juntos e sair daqui com orientações seguras para toda a Igreja do Brasil, afinal, é esta a função da nossa Assembleia”, conclui.

Fonte: CNBB

Compartilhe com seus amigos: