Brumadinho: Arquidiocese de Belo Horizonte divulga como será ‘Memorial Minas de Esperança’

A Arquidiocese de Belo Horizonte divulgou na segunda-feira (25) como será o Memorial Minas de Esperança, em Brumadinho. O Memorial será uma homenagem para todas as pessoas que morreram na tragédia do rompimento da barragem da Vale.

Com cerca de 20 metros de altura, o monumento terá o nome de todas as vítimas e será composto por três mãos que sustentam uma cruz, símbolo da Arquidiocese de BH.

“O Campanário se compõe de três mãos, que sustentam a cruz, a cruz que é símbolo da Arquidiocese de Belo Horizonte, e no braço dessas mãos, que sustentam os sinos, colocaremos a placa com os nomes de todas as vítimas dessa tragédia. Recordando dos que já partiram, possamos trabalhar para valorizar a vida”, destacou dom Walmor, arcebispo de Belo Horizonte, durante entrevista.
No centro, uma fonte de água lembrará a importância da vida. Sobre a fonte, um globo terrestre vai dar destaque ao Vale do Paraopeba e Brumadinho.

De acordo com a arquidiocese, nos jardins ao redor do memorial, sinos irão bater sempre 12h28 minutos, hora do rompimento da barragem, para reforçar a consciência de que é preciso zelar pela vida uns dos outros para a construção de uma sociedade mais solidária.

O Memorial Minas de Esperança será construído no Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora do Rosário, na Rua Alberto Cambraia, 140, em Brumadinho. No local funciona o Centro de Formação de Líderes da Arquidiocese de Belo Horizonte, no Vale do Paraopeba.

Clique aqui para ver o projeto