Terço dos Homens divulga programação da acolhida do ícone peregrino de N. S. da Piedade

Publicado em: 4 dezembro 2017
Bernadete Seixas
O Ícone peregrino de Nossa Senhora da Piedade – padroeira de Minas Gerais, visitará Bom Despacho. Ele estará na cidade nos dias 07 a 10 de dezembro, haverá celebrações eucarísticas e da palavra.
 
A concentração na quintafeira, 07, a partir das 17h00, no Trevo de Acesso ao Ipê Campestre Clube (MG-164, Zona Rural), após, sairá em carreata rumo à Igreja Matriz São Vicente de Paulo, às 19h00 a celebração da Santa Missa e às 20h00, a recitação do Terço das Famílias. 
De acordo com coordenador logístico do evento, Marco Thúlio Moreira Marques, o ícone peregrinará no Asilo São José, no Bairro Vila Gontijo, na Associação Terapêutica São José Operário, no Hospital e na Santa Casa. “Procuramos fazer uma programação bastante homogênea, visitando lugares onde necessariamente a presença da Virgem Piedosa poderá ser motivo de conversão e salvação”, ressaltou Marco Thúlio.
O Ícone peregrinará por diversos pontos importantes da cidade até domingo, 10 de dezembro, encerrando com a celebração da santa missa às 19h00, na Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário.
Para o coordenador geral do comitê, Joaquim Antônio Dias, a equipe está bastante ansiosa e não mediram esforços na organização da festa. 
 
 
O Ícone
 
Instituído em 2014, durante a Primeira Peregrinação do Terço dos Homens, o Ícone Peregrino de Nossa Senhora da Piedade é sorteado para uma Diocese a cada ano, durante a Peregrinação Mineira do Terço dos Homens ao Santuário Nossa Senhora da Piedade, na Serra da Piedade, em Caeté. Por ser o idealizador do Movimento do Terço dos Homens em Minas Gerais, a cidade de Itaúna, na Diocese de Divinópolis, foi a primeira cidade a receber o ícone. Em 2015, a Diocese de Governador Valadares foi a felizarda em receber o ícone, onde, em 2016, durante a 3° Peregrinação, a Arquidiocese de Diamantina foi sorteada. Nesse ano, por motivos não divulgados, não houve o sorteio, onde, o Padre Carlos César, Pró-Reitor do Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, disse que “seria estudado uma melhor forma de aproveitamento do Ícone”.
Compartilhe com seus amigos: