Setor Mobilidade Humana se reúne para continuar preparação da 6ª Semana Social Brasileira

Publicado em: 8 maio 2020
Bernadete Seixas

Os bispos e coordenadores nacionais das pastorais que integram o Setor Mobilidade Humana, da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), reuniram-se na última quarta-feira, 6 de maio, de forma on-line para dar continuidade à preparação da 6ª Semana Social Brasileira (SSB), que terá como tema central: Mutirão pela vida: por terra, teto e trabalho.

A temática teve como inspiração os três “T”, que foram gestados no 1º Encontro Mundial dos Movimentos Populares com o papa Francisco, em outubro de 2014, em Roma. Na última segunda-feira, 4 de maio, a comissão lançou os perfis da 6ª Semana Social Brasileira no Instagram e Twitter e reativou os perfis do Facebook e YouTube.

O assessor nacional da Pastoral do Turismo, Padre Manoel Filho, explica que foi encaminhado na reunião, como proposta, “a necessidade de acompanhar os grupos da mobilidade humana com atenção às demandas emergentes, especialmente os ciganos, nômades, parquetes e refugiados”.

Padre Manoel ressalta que também foi proposto acompanhar, de forma estrutural, possíveis iniciativas legislativas ou governamentais que firam a dignidade humana nas pessoas em situação de mobilidade.

“Apesar da preocupação e dor do momento presente, a esperança se renova com os muitos sinais de solidariedade em todas as realidades”.

A reunião, coordenada pelo assessor da Comissão Sociotransformadora da CNBB, frei Olávio Dotto, e pela secretariada do Setor de Mobilidade Humana da entidade, irmã Claudina Scapini, teve análise de conjuntura feita por Daniel Seidel e partilha das experiências de cada pastoral no contexto da Pandemia da Covid-19, na assistência aos homens e mulheres em situação de Mobilidade Humana.

Estiveram presentes na reunião on-line o presidente da comissão, dom José Valdecir Santos Mendes, bispo da diocese de Brejo, e outros três bispos membros da comissão, dom José Luiz Ferreira Salles, da diocese de Pesqueira; dom Francisco Cota de Oliveira, auxiliar da arquidiocese de Curitiba, e dom Reginaldo Andrietta, da diocese de Jales; além dos coordenadores nacionais das Pastorais dos Nômades, Turismo, Apostolado do Mar, Pastoral Rodoviária, Refugiados e Migrantes e a Pastoral da Tríplice Fronteira.

Compartilhe com seus amigos: