Quarentena

Publicado em: 3 abril 2020

QUARENTENA

Assim como todos os mortos

aguardam, nos túmulos, a ressurreição,

permanecemos dentro de casa

aguardando, de Deus, compaixão.

E pedimos a Ele com fervor

que nos liberte desse pavor!

Mesmo que ela seja iminente

sendo o fim de toda a gente,

diante da realidade da morte

não há quem seja tão forte.

Ninguém fica indiferente

com esse mal tão presente.

Mas por que tanto alarde

com o que chega cedo ou tarde?

A morte é coisa tão certa!

Temos que ficar alerta!

Todo o sentido do nosso viver

é para valer a pena o dia de morrer.

Quem por Jesus tem amor

suporta dessa vida toda a dor.

Aceita o sofrimento profundo

pois esse é o sentido desse mundo.

Sabemos que toda a gente

Que, no coração, o amor de Deus sente,

Pede e espera o Céu como presente!

Regina Garbazza

Paróquia São José Operário –  Bom Despacho

Compartilhe com seus amigos: