Presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, faz balanço da 100ª reunião do Conselho Permanente

Publicado em: 2 dezembro 2019
Bernadete Seixas

Terminada a 100ª reunião do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que aconteceu em Brasília (DF), de 26 a 28 de novembro, o arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da entidade, dom Walmor Oliveira de Azevedo, fez um balanço dos debates e encaminhamentos do encontro.

Em um vídeo gravado com exclusividade pela assessoria de Comunicação da entidade, dom Walmor compartilha a preocupação dos bispos com a assessoria política e a análise da conjuntura social e eclesial. “Não podemos caminhar sem conhecer a realidade, ela nos desafia. Precisamos conhecê-la para darmos respostas à luz dos valores intocáveis e inegociáveis do Evangelho”, disse.

Na ocasião, dom Walmor compartilhou a experiência “bonita” dos testemunhos de irmãs de várias congregações no Haiti com os mais pobres. “Ouvimos de nossos irmãos bispos experiências missionárias importantes e, ao mesmo tempo, a experiência bonita de uma igreja viva, missionária, presente”, afirmou.

O arcebispo destacou também a importância do trabalho com as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. “Estamos nós agora empenhados a fazer da Igreja casa da Palavra, casa do Pão, casa da Missão e casa da Caridade”, disse. E, por isso, dom Walmor salientou que os bispos escolheram como temática da 58ª Assembleia Geral da CNBB, a ser realizada em abril de 2020: “Evangelizar pelo anúncio da Palavra de Deus”.

Por fim, outro assunto de destaque citado no vídeo por dom Walmor é a atuação da Comissão Especial para a Tutela de Menores. “Estamos realizando esse trabalho grande de enfrentar o crime da pedofilia e como Igreja darmos a resposta que devemos”, garantiu. Outros temas como a criação do regional Leste 3 e a importância do Conselho Episcopal Latino-Americano, o Celam, foram abordados pelo arcebispo.

Confira, abaixo, o vídeo na íntegra:

Compartilhe com seus amigos: