Por que Nossa Senhora é advogada?

Publicado em: 11 maio 2020

Você já reparou que na oração da “Salve Rainha” nós chamamos Maria de “advogada nossa”?

Pois bem, este é um dos nomes que a Igreja dá à Mãe de Jesus e nós vamos te explicar o porquê.

shutterstock
shutterstock

Vamos começar entendendo o que quer dizer “advogado”: É aquele que é o medianeiro de uma causa, ou seja, que fala em favor do outro diante de uma causa, aquele que intercede.

Sabendo disso, fica bem mais fácil de entender por que Ela é chamada de Advogada não é verdade? Afinal, Maria é a intercessora e a medianeira de todas as graças. Mas, de onde foi tirado isso?

São Luís Maria Gringnion de Montfort diz que Maria é “o meio mais seguro, mais fácil, mais rápido e mais perfeito de chegar a Jesus Cristo”.

A essa frase, podemos acrescentar a fala de Santo Afonso Maria de Ligório“As orações dos santos são orações de servos, mas as de Maria são orações de Mãe”.

Ou seja, Maria, como Mãe, deseja auxiliar seus filhos. Auxiliar em quê? Ela ajuda a nos achegarmos ao seu Filho Jesus, isto é, é a advogada que intercede por nós diante de Jesus.

Quem vai explicar isso direitinho pra gente é a Constituição Dogmática Lumen Gentium:

De fato, depois de elevada ao céu, Maria não abandonou esta missão salvadora, mas, com a sua multiforme intercessão, continua a alcançar-nos os dons da salvação eterna.
Ela cuida, com amor materno, dos irmãos de seu Filho que, entre perigos e angústias, caminham ainda na terra, até chegarem à pátria bem-aventurada.
Por isso, a Virgem é invocada na Igreja com os títulos de advogada, auxiliadora, socorro, medianeira. Mas isto se entende de maneira que nada tire nem acrescente à dignidade e eficácia do único mediador, que é Cristo.

Catequese aprendida precisa ser vivida! A partir de hoje, não deixe de pedir a intercessão de Maria para todas as causas que você necessitar.

Nossa Senhora, advogada nossa, rogai por nós!

Fonte: A12.com

Compartilhe com seus amigos: