Igreja no Brasil celebra 50 anos do Mês da Bíblia

Publicado em: 4 setembro 2021
Halph Carvalho

Tradicionalmente, a Igreja no Brasil celebra setembro como o mês dedicado à Palavra de Deus. A iniciativa, que está completando 50 anos, tem o objetivo de fomentar a presença bíblica na vida das comunidades, oferecendo subsídios bíblicos nas diferentes formas de comunicação, buscando assim facilitar o diálogo criativo e transformador entre a Palavra, a pessoa e as comunidades.

O Mês da Bíblia surgiu em 1971, na Arquidiocese de Belo Horizonte, por ocasião da celebração do seu cinquentenário. As Irmãs Paulinas, através do Serviço de Animação Bíblica (SAB), deram o primeiro impulso e, posteriormente, a CNBB assumiu-o como uma proposta nacional.

Para esse jubileu do “Mês da Bíblia”, em 2021, o tema escolhido é a Carta de São Paulo aos Gálatas e o lema é “todos vós sois um só em Cristo Jesus” (Gl 3,28d), extraído do “hino batismal”, descrito em Gl.3,26-28, quando Paulo afirma que todos são filhos e filhas de Deus.

Celebrar o jubileu de ouro do mês da Bíblia é muito importante para fortalecer a animação bíblica, o estudo, a reflexão e a oração a partir da Bíblia em toda a Igreja no Brasil.

Como marca dos 50 anos do Mês da Bíblia, a Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou um Selo especial para a comemoração. O desejo da CNBB é que o Selo Comemorativo seja conhecido e difundido em todas as comunidades eclesiais. “Neste ano celebrativo/formativo, apontamos novos caminhos, passando de uma pastoral bíblica para a animação bíblica de toda a pastoral. Todas as pastorais e movimentos são motivadas a assumir a animação bíblica”. Explica padre Jânison de Sá, assessor da Comissão.

Compartilhe com seus amigos: