Fraternidade e Vida, dom e compromisso

Publicado em: 4 novembro 2019
Entenda um pouco as Campanhas promovidas pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Padre Patriky Samuel Batista, Secretário Executivo para Campanhas da CNBB, falou sobre a Campanha da Fraternidade de 2020.

Todos os anos a CNBB apresenta a Campanha da Fraternidade como caminho de conversão quaresmal. É uma atividade ampla de evangelização que pretende ajudar os cristãos e pessoas de boa vontade a vivenciarem a fraternidade em compromissos concretos, provocando, ao mesmo tempo, a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade, a partir de temas específicos.

Padre Patriky, da Diocese de Luz e Secretário Executivo para as Campanhas da CNBB, falou em uma entrevista ao Vatican News sobre o sentido das Campanhas realizadas no Brasil.

Em uma breve explicação, Padre Patriky nos recordou quais são as três campanhas organizadas pela CNBB: Campanha para a Evangelização, Campanha da Fraternidade e Fundo Nacional de Solidariedade.

Quando falou sobre a Campanha da Fraternidade de 2020, com o tema “Fraternidade e Vida, dom e compromisso” destacou a questão do cuidado a vida em todos os âmbitos. Com o lema inspirado no Bom Samaritano, “Viu e sentiu compaixão e cuidou dele”, explicou o significado da Campanha:

“ Olhando o nosso cenário atual, não somente no nosso pais, mas no mundo como num todo, nós percebemos diversas realidades onde a vida tem sido descuidada. O tema vai desde a questão do aborto, dos pobres e da questão ecológica, olhando sobre tudo as periferias existenciais. Talvez essa deva ser uma das primeiras campanhas, que toca diretamente nas periferias existenciais como Papa Francisco nos fala. Situações como depressão, automutilação, também o numero de pessoas desaparecidas, que no Brasil chega a 800 mil pessoas, segundo os dados que temos atualmente. Então, o desejo da Campanha da Fraternidade para 2020 é conscientizar, a luz da Palavra de Deus, para o sentido da vida como dom e compromisso, esse dom e compromisso que se traduze em relação de mutuo cuidado dentre as pessoas, na família, na comunidade e também na sociedade. A vida é um intercambio de cuidados, e nós que cremos que Jesus é a vida, a Campanha da Fraternidade vai nos ajudar a refletir isto: quando nós nos dispomos a cuidarmos uns dos outros, a vida recobre um novo sentido. ”

A imagem escolhida para a ilustrar a CF de 2020 foi de Santa Dulce dos Pobres, cercada de pessoas no Pelourinho em Salvador. Padre Patriky nos explicou o porquê desta escolha.

“ Qual seria a imagem que poderia caracterizar o bom samaritano para os dias atuais? Lembramos de diversas mulheres, religiosas, leigas, e dentre tantas possibilidades, nós olhamos Santa Dulce, vida doada e vida santificada. Ela que fez de um galinheiro uma obra de cuidados extraordinário, não somente a obra em si, mas ela mesma foi sinal da obra de Deus, no cuidado, se aproximando e cuidando. Dai então a escolha de Santa Dulce como este ícone do Bom Samaritano para os dias de hoje, que estimula também a caminhada missionaria da Igreja. Vida doada e vida santificada! ”

Acompanhe toda a entrevista no áudio.

Compartilhe com seus amigos: