Falta de fé nos leva a duvidar

Publicado em: 16 setembro 2019

Jesus se despede dos discípulos e sobe à montanha para orar; lá pelas três horas da manhã, Ele se dirige ao barco onde eles estavam, caminhando sobre as águas do mar. Ao vê-Lo, os discípulos se assustam e, com medo, perguntam se era um fantasma. Nessa mesma passagem, no Evangelho de Mateus 14,28 em diante, Pedro pede para ir até Jesus: “Senhor, se és tu, manda-me ir ao teu encontro, caminhando sobre a água”.

Jesus simplesmente responde: “Vem!”. Pedro, então, saiu do barco e foi em direção a Jesus. Já sabemos o que aconteceu logo depois: Pedro começou a afundar. Desesperado, gritou: “Senhor, salva-me!”. O Senhor, então, lhe respondeu: homem de pouca fé, por que duvidaste?

Falta-de-fé-nos-leva-a-duvidar

Pedro duvidou ou confiou ainda mais no Senhor? Realmente, Pedro duvidou de que seria capaz e começou a afundar, mas, nesse momento, nessa situação complicada, ele confiou em Jesus e pediu: Senhor, salva-me! É isso que precisa acontecer conosco, devemos confiar em Deus, pedir a salvação nos momentos difíceis, acreditar que Ele pode nos salvar. Mesmo que nossa fé seja do tamanho de um grão de mostarda, devemos acreditar que Deus fará o melhor por cada um de nós.

Tenha fé, pois Deus está com você

Às vezes, ao passarmos por alguma situação difícil, achamos que Deus não está conosco, que Ele nos abandonou. Lembram do poema pegadas na areia? “Havia dois pares de pegadas na areia, mas, nos momentos difíceis, somente um par de pegadas ficou, porque o Senhor me abandonou. Na verdade, as pegadas eram de Jesus, pois, nos momentos difíceis, mesmo não acreditando e até mesmo duvidando, o Senhor nos carrega em seus braços.”

A fé é a certeza daquilo que ainda se espera, a demonstração de realidades que não se vêem. (Hebreus 11,1)

Deus, em sua infinita misericórdia, abençoe você e sua família, livrando-os de todos os males e protegendo-os de todos os perigos hoje e sempre. Amém!

Alex Martins, da cidade de Londrina (PR).

Fonte: CN

Compartilhe com seus amigos: