Brasília sediou o XV Encontro Nacional de Responsáveis Diocesanos de Juventude

Publicado em: 10 setembro 2019
Bernadete Seixas

A 15ª edição do Encontro Nacional de Responsáveis Diocesanos de Juventude (ENRDJ) reuniu os responsáveis para refletir importantes assuntos ligados à juventude: a exortação apostólica Christus Vivit, a prevenção ao suicídio e encaminhamentos dos regionais e da Pastoral Juvenil. Participaram  durante dois dias ( 06 e 07 de setembro) do evento cerca de 200 assessores de diversas Dioceses. O encontro foi realizado nas dependências do Santuário Dom Bosco em Brasília/DF, com a organização da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ).

O encontro foi realizado com o intuito de aprofundar o assunto que vem chamando a atenção de estudiosos e dos que acompanham de perto a realidade juvenil quer seja no ambiente urbano, quer seja no ambiente rural: a realidade do suicídio e automutilação.

Com base no material desenvolvido pela professora e doutra Ticiana Paiva de Vasconcelos pesquisadora de temas de atenção e cuidado psicológico em crises, desastres, conflitos humanitários e suicídios, além de pioneira no Brasil na formação de profissionais para o cuidado a crise emocional (Psychological First Aid), Pe. Antônio Ramos, assessor da CEPJ.

“Infelizmente a cultura moderna investiu contra os pilares religiosos que davam aos jovens, até então, uma segurança em seus sonhos e realizações. Excluindo a dimensão religiosa, dogmática e moral, esta deixa o jovem vulnerável e confuso, de certa forma impossibilitando-o no confronto com as realidades desafiantes. Somado a tudo isso, percebemos uma geração de adultos despreparados para o acompanhamento juvenil, se firmando apenas num rigorismo moral conceitual que não o permite a entrar na dramática situação vivida pelos jovens. É preciso reafirmar o valor sagrado da vida revelado por Jesus Cristo: ‘eu vim para que todos tenham vida, e vida em abundância!’”, ressaltou Dom Nelson Francelino, Presidente da Comissão.

Também foram trabalhados os ecos do Sínodo da Juventude e da Exortação “Christus Vivit, sob a assessoria do jovem sinodal Lucas Galhardo, que abordou de modo jovial as principais temáticas abordadas do Sínodo, bem como a exortação, estimulando em todos a criatividade para fazer ressoar em todas as iniciativas as orientações do Santo Padre, o Papa Francisco, que apresenta o Cristo vivo que haverá de se mostrar e encantar a todos que vivem sob o drama do vazio de significados. Além de temas como o site dos Jovens Conectados com as métricas e como a evangelização atinge o Brasil e o mundo, lançamento da Identidade visual da Missão Jovem 2019 e dos cursos de Pós-Graduação de 2020.

Reunião com os articuladores nacionais do EJC

Na sexta-feira, 06, houve também a reunião dos articuladores nacionais do Encontro de Jovens com Cristo – EJC, Encontro de Adolescentes com Cristo – EAC e Movimento de Amizade Cristã – MAC para debater a programação do festejo nacional dos 50 anos de fundação desses serviços pelo saudoso padre Alfonso Pastore, a se completar em 2021.

Por fim, foi lida uma moção de solidariedade da juventude do Brasil ao Sínodo da Pan-Amazônico, convocado pelo Papa. Em seguida, foi apresentada às lideranças a agenda Pastoral da Juventude para 2020.

Diocese de Luz

 A Diocese de Luz esteve participando com o assessor diocesano da Juventude, padre João Veloso e o jovem representante do Setor Juventude, Wellington David de Menezes.

Fonte: Jovens Conectados

Compartilhe com seus amigos: