Bambuí: Diocese lamenta falecimento de Irmã Carmela

Publicado em: 28 novembro 2017
Bernadete Seixas

Irmã Carmela tinha 86 anos e trabalhou 40 anos em Bambuí

Irmã Carmela faleceu em sua residência na Comunidade São Francisco de Assis, na tarde do dia 25 de novembro.  O velório foi na Igreja da Comunidade São Francisco de Assis.

SUA VIDA

Rosa Lombardi – ou Irmã Carmela – nasceu em 6 de dezembro de 1930, em San Giovanni Incarico, a 100 quilômetros de Roma, na Itália. A freira veio para o Brasil em 1951 para atuar no Hospital da Santa Casa, em São José do Rio Pardo, em São Paulo. Lá, ficou 5 anos e aprendeu as primeiras noções sobre enfermagem.

Em Belo Horizonte, atuou 20 anos em uma instituição manicomial e concluiu o curso de auxiliar de enfermagem no ano de 1964. A religiosa voltou à Itália para fazer a graduação em enfermagem, formando-se em 1970. Em 1977, inicia seu trabalho no então Sanatório São Francisco de Assis, da Rede Fhemig, em Bambuí.

“Certo dia, lembro-me que estava triste e o Padre Mario me chamou para ver um paciente que, devido à hanseníase em grau avançado, não tinha mais as mãos, os pés e nem a visão. Quando o cumprimentei, perguntando-o como estava, ele respondeu: ‘Tudo bem, graças a Deus!’. Isso me tocou muito pois se aquele homem, que estava tão debilitado, dizia que estava bem, eu, que tinha visão, mãos e pés não tinha o direito de me sentir triste. Foi aí que pensei: ‘tenho de arregaçar as mangas e trabalhar muito aqui’”, conta.

Junto com o Padre Mario, Irmã Carmela transformou a rotina dos pacientes. A freira teve iniciativas empreendedoras e viu na educação uma oportunidade de melhorar a vida da população: investiu na creche local, com a colaboração da Irmã Aparecida e em parceria com o município, transformando-a em um Centro Educacional. Também promoveu o oferecimento do ensino fundamental no Centro Integrado de Educação Pública (CIEP), e patrocinou diversas atividades profissionalizantes para funcionários da unidade e comunidade.

FONTE: bambuinews.com.br

Compartilhe com seus amigos: