3ª Assembleia Diocesana de Pastoral

Arcos/MG – 12 a 13 de setembro de 2009

2009 foi o ano de preparação para a 3ª Assembleia Diocesana de Pastoral. Todo o processo envolveu o clero e as lideranças. Desde então, foram realizados fóruns paroquiais e forâneos. Refletiu-se sobre “Igreja – Comunidade dos discípulos de Jesus, em missão, a serviço da vida, da família e da juventude”. Eis os frutos da 3ª assembleia, quando o objetivo geral era “Evangelizar, criando comunidades missionárias” e, como lema, tinha-se: “Somos Igreja, comunidade dos discípulos em missão”. Tendo, ainda, prioridade para a Rede de Comunidades Missionárias e destaque para Família e juventude/Formação e Espiritualidade/Presença Pública da Igreja.

De 2010 a 2014, após as “pistas de ação”, nasce o projeto diocesano de evangelização “Somos igreja, comunidades dos discípulos em missão”. Trata-se de um projeto que tem em vista potencializar, ainda mais, os esforços evangelizadores na implementação das decisões tomadas pela 3ª assembleia. Com esse projeto, pretendia-se criar o equilíbrio na Diocese, não sendo, de modo algum, um projeto uniformizador das ações pastorais diocesanas, mas tendo como objetivo manter vivo o respeito pelas muitas e diferentes iniciativas vindas das comunidades paroquiais, das pastorais e dos movimentos.

Dom Félix promoveu uma alteração na caminhada de 2014. Ao invés de realizar o caminho de preparação para a 4ª Assembleia Diocesana de Pastoral, esse ano ficou na história da pastoral da Diocese como o “Ano da Graça”, que seria o tempo para viver a fraternidade, o encontro, a partilha e a confraternização.

Ainda no Ano da Graça, Papa Francisco pede a Dom Félix que assuma o governo da Pastoral da Diocese de Governador Valadares. Ele governou a Diocese de Luz por onze anos (2003 a 2014). Foi com ele que, desde a última assembleia de pastoral, os conselhos receberam o nome de Conselhos de Evangelização.

Nos dos períodos de vacância da Diocese, assumiram os trabalhos Dom José Martins, SDN, e padre Antônio Campos Pereira. Em 2015, Dom José Aristeu Vieira assume e coloca-se no caminho de preparação para o primeiro centenário. Com ele, nasceu o projeto de evangelização “Caminhamos na estrada de Jesus”.

Compartilhe com seus amigos: